FacebookRSS Feed

Guia do Aluno

I — Finalidade da Instituição

A) Princípios filosóficos

O trabalho realizado no Colégio Módulo é pautado pelo compromisso com a cidadania e se orienta pelos princípios de dignidade da pessoa humana, igualdade de direitos e de oportunidades, participação e corresponsabilidade pela vida social.

Acreditamos que o exercício da cidadania pressupõe a apropriação do saber construído pela humanidade e reconstruído continuamente no processo de aprendizagem.

Nesse processo, procuramos valorizar e desenvolver as múltiplas formas de manifestação da inteligência, respeitando e fazendo respeitar as diferentes e variadas maneiras de relacionamento com o mundo, bem como a diversidade de crenças, opiniões e valores.

A educação formal básica tem o dever de, em parceria com a família e a comunidade, formar cidadãos autônomos, críticos, produtivos, responsáveis, solidários, preparados para a escolha e o exercício profissional, participantes do processo de criação de uma sociedade mais justa, que leve em consideração as diferenças individuais, os interesses da coletividade e o respeito á natureza.

B) Princípios pedagógicos

A função da escola é a de proporcionar ao aluno, de maneira intencional, planejada, organizada e sistemática, situações facilitadoras de aprendizagem.

Entendemos que a aprendizagem é uma atividade do sujeito, que pode e deve ser facilitada pela escola.

Para tanto, é necessário saber como se dá o processo de apropriação do conhecimento nas diversas faixas etárias e, a partir daí, selecionar procedimentos que facilitem essa apropriação, tendo como meio o conteúdo escolar, composto pelos diferentes componentes curriculares,

Aprender não significa acumular informações ou ampliar mecanicamente fórmulas e receitas.

Necessário que a aprendizagem seja significativa, que os conteúdos estejam relacionados àqueles que o aluno já traz consigo e com o cotidiano individual e social, ampliando sua visão de mundo, mundo este em acelerado processo de globalização.

Como o conhecimento não está pronto e acabado e sim em constante processo de construção, é preciso desenvolver a capacidade de aprender a aprender, de continuar aprendendo ao longo de toda a vida.

A escola, enfim, deve contribuir, através do seu trabalho pedagógico e em articulação com a família, para que o indivíduo aprenda a conhecer, a fazer, a ser e a conviver.
 

II — Objetivos da Instituição

A) Ensino Fundamental

O Ensino Fundamental tem por finalidade a formação básica do cidadão.

Objetivos:

- desenvolver a capacidade e o prazer de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo;

- levar à compreensão do melo ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade;

- instalar e consolidar hábitos de estudo, leitura e pesquisa: - desenvolver o senso crítico e analítico;

- conduzir à formação de atitudes e valores de respeito, solidariedade, tolerância e cooperação.

B) Ensino Médio

Objetivos:

- Preparar para o prosseguimento de estudos, significando muito mais do que mero acúmulo de informações, mas a continuação do desenvolvimento da capacidade de aprender e compreender o mundo físico, social e cultural;

- Relacionar a teoria com a prática, numa visão interdisciplinar; - preparar para o trabalho, no sentido de oferecer uma base de formação para todos os tipos de trabalho;

- Dar continuidade ao processo de formação de atitudes e valores de respeito, solidariedade, tolerância e cooperação, com vistas à autonomia no exercício consciente da cidadania.

III — Do Funcionamento

A) Atrasos na entrada

Para o bom andamento das aulas, sem interrupções, serão tolerados apenas três atrasos por bimestre.

Após o sinal para o início da 1° aula do dia, a tolerância será de até dez minutos. Decorrido este tempo, o aluno deverá aguardar a aula.

Caso o aluno chegue ao colégio para a 2° aula, a ocorrência deverá ser justificada pelos pais e submetida à apreciação da Coordenação.

B) Saídas antecipadas

Alunos até o 5 ano, que necessitem retirar-se antes do final do período normal, poderão fazê-lo mediante a presença do responsável junto à Coordenação. Estes alunos só serão entregues a pessoas, que não sejam os responsáveis, mediante prévia autorização por escrito. Para os alunos a partir do 6° ano será necessária apenas uma prévia comunicação dos responsáveis.
 

C) Permanência de alunos fora do horário

O Colégio só se responsabiliza por alunos que estejam em suas dependências desenvolvendo algum tipo de atividade dirigida, em horário previsto.

Alunos que, por diferentes razões, são deixados até tarde no Colégio constituem um sério problema: atrapalham o desenvolvimento das atividades, não obedecem aos responsáveis pelo período da noite, nem os respeitam, expondo-se a riscos desnecessários. Sendo assim, solicitamos aos senhores pais que não deixem seus filhos no Colégio após o horário das atividades.

D) Faltas

Os atestadas médicos justificam as faltas, mas não as abonam, com exceção em casos de doenças infectocontagiosas e demais casos previstos por lei.

As datas das reposições das avaliações são abjetos de normas específicas de cada curso, amplamente divulgadas pela equipe pedagógica.

Seja por motivo de saúde, viagem, ou por não ter atingido a média estabelecida, o aluno tem direito a uma segunda avaliação, com data prevista no cronograma de avaliações.

Avaliações fora da data estão sujeitas aos seguintes procedimentos:

•             Solicitação feita pelo responsável, na Secretaria, no prazo de 48 horas após a primeira avaliação;

•             Pagamento da taxa correspondente;

•             Parecer do diretor pedagógico.

E) Atendimento aos pais

É importante que os pais não se dirijam às salas de aula, seja para acompanhar os filhos no horário de entrada ou saída, seja para conversar com os professores. Exceção será feita nos casos em que a criança estiver em período de adaptação no ano do Ensino Fundamental, de acordo com a orientação dada pela Direção.

A Direção terá prazer em atendê-los pessoalmente para esclarecer possíveis dúvidas, encaminhar os alunos e dar orientações específicas.

As orientações de ordem geral serão dadas durante as reuniões de pais, que serão periódicas e comunicadas, com antecedência, aos responsáveis.

IV— Das Mensalidades

As mensalidades vencem no 10° dia útil de cada mês, mas poderão ser pagas até, no máximo, o 5° dia útil, sem qualquer acréscimo.

A partir do 6° dia útil do mês, o pagamento será integral, acrescido de murta e juros.

A) Direitos

1.            Ser respeitado na condição de ser humano e não sofrer qualquer forma de discriminação, em decorrência de diferenças físicas, étnicas, credo, sexo, ideologia, preferências político-partidárias ou quaisquer outras;

2.            Ter asseguradas as condições de aprendizagem, além de acesso aos recursos materiais e didáticos da escola;

3.            Ser informado sobre o Sistema de Avaliação da Escola;

4.            Estudos de recuperação que devem garantir-lhes novas oportunidades de aprendizagem;

5.            Recorrer dos resultados de avaliação do processo de aprendizagem, ao longo do processo educativo e nos termos da legislação em vigor.

13) Deveres

Os deveres dos alunos se consubstanciam em função dos objetivos das atividades educacionais e da preservação dos direitos do conjunto da comunidade escolar.

1.            São deveres dos alunos: conhecer, cumprir e fazer cumprir este regimento;

2.            Comparecer pontualmente e assiduamente às atividades que lhes forem afetas, empenhando-se no sucesso de sua execução;

3.            Cooperar e zelar para a boa conservação das instalações, dos equipamentos e material escolar, concorrendo também para as condições de asseio das dependências da escola.

4.            Preservar equipamentos e materiais de colegas, professores e funcionários;

5.            Não portar material que represente perigo para a sua saúde, segurança e integridade ou de outrem;

6.            Participar ativamente da elaboração e cumprimento das normas da escola.

C) É vedado aos alunos

1.            Entrar em classe ou dela sair sem permissão do professor e ausentar-se do estabelecimento, sem autorização da autoridade competente;

2.            Ocupar-se, durante a gula, de qualquer atividade que lhe seja alheia;

3.            Promover, sem a autorização da Direção coletas e subscrições dentro ou fora do Estabelecimento;

4.            Formar grupos ou promover algazarras é distúrbios nos corredores e pátios, bem como nas imediações do estabelecimento, durante o período de aula ou fora dele (e, em especial, quando estiver uniformizado);

5.            Impedir a entrada de colegas na escola ou na sala de aula, concitá-los à ausência coletiva ou dela participar;

6.            Trazer para a escola material estranho às atividades escolares;

7.            Ofender colegas, professores   ou funcionários                do Estabelecimento ou praticar contra os mesmos, ato de violência;

8.            Promover ou participar de movimentos de hostilidade ou de desprestígio à escola, a seus elementos e às autoridades constituídas;

9.            Praticar ato ofensivo à moral e aos bons costumes;

10.          Divulgar, por qualquer meio de publicidade, assuntos que envolvam direta ou veladamente o nome da escola, de professores ou de funcionários, sem a autorização da Direção;

11.          Distrair a atenção dos colegas, em aula, com objetos, ditos ou por qualquer outra forma;

12.          Permanecer, no recreio e intervalos, fora dos recintos que lhes forem permitidos, bem como transitar pelos corredores em hora de aula;

13.          Gravar nas paredes, no assoalho ou em qualquer parte do edifício ou de material escolar, palavras, desenhos ou qualquer sinal;

14.          Praticar atos de vandalismo que atinjam o edifício ou o material escolar, a propriedade de colegas, professores e funcionários;

15.          Fazer-se acompanhar de elementos estranhos ao estabelecimento;

16.          Promover e participar de brigas ou tomar atitudes incompatíveis com o adequado comportamento social;

17.          Ausentar-se do estabelecimento, em horário escolar, sem que esteja devidamente autorizado pela família e pela Direção do estabelecimento.

O) Sanções aplicáveis aos alunos

1. A infração de qualquer dos deveres e a transgressão das proibições sujeita o aluno, conforme a gravidade da falta, ás seguintes penalidades:

a) Advertência oral;

b) Advertência por escrito;

c) Afastamento temporário de determinada (s) aula(s);

d) Afastamento temporário de sala de aula;

e) Transferência de turma ou de turno;

f) Transferência compulsória.

2. O aluno retirado da sala por conduta inconveniente será encaminhado à Direção;

3. O afastamento temporário da sala de aula e a transferência de turma ou de turno serão aplicados pela Direção, ouvido o professor coordenador de classe;

6.            4. Excepcionalmente, considerada a gravidade da infração, poderão ser ultrapassadas uma ou mais das etapas previstas, ouvida a equipe escolar.

VI - Do Material Didático

A partir do 1 ano do Ensino Fundamental utilizamos as apostilas Anglo.

VII - Do Uniforme

Nas dependências do colégio, o aluno deverá estar obrigatoriamente uniformizado, mesmo que não esteja no seu horário (período) de aula.

O uniforme completo consta de:

Do 1° ao 5° ano
Abrigo, short e/ou bermuda e camiseta.
Do 6° ano ao Ensino Médio

Abrigo, bermuda e camiseta.

(camiseta regata e short apenas para a prática desportiva)

Obs.: deve-se evitar o uso de joias e outros acessórios pelos quais o Colégio não se responsabiliza

VIII - Do Acompanhamento da Vida Escolar dos Alunos

É de fundamental importância que a família acompanhe de perto o desempenho dos alunos, comparecendo às reuniões, observando a agenda, e procurando a Direção todas as vezes que houver necessidade de orientação e/ou esclarecimentos.
IX - Do Regulamento da Biblioteca
 
A) Horário
A Biblioteca atende aos usuários de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h30min e das 13h30min às 18h. Aos sábados, das 8h às 12h.
 
B) Acervo
Usuário da Biblioteca deverá dirigir-se à bibliotecária para o acesso ao acervo.
 
C) Frequência
Os alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio só poderão frequentar a biblioteca, devidamente uniformizados, independentemente do período.
 
D) Empréstimo

O prazo de empréstimo de livros é de sete dias, podendo ser renovado.

Não é permitido que se retire qualquer material em nome de outro usuário.

E) Consultas
As obras de referência (dicionários, enciclopédias, atlas, coleções, almanaques e periódicos) não fazem parte do acervo circulante, devendo, portanto, ser consultadas no recinto da Biblioteca, que estará aberta também para usuários da comunidade, apenas para consulta dentro do estabelecimento.
 
F) Consulta de publicações (revistas, apostilas)
As publicações são solicitadas pelos usuários aos funcionários da Biblioteca, que se dispõe a auxiliar na busca do assunto desejado.
 
G) Responsabilidades
Os livros entregues ao leitor ficarão sob sua inteira responsabilidade, enquanto em seu poder, respondendo o mesmo pelos estragos e perdas que por ventura ocorrerem.
 
H) Proibições
Entrar e permanecer no recinto com comestíveis.
 
Dicas para um estudo legal
1. Dicas que facilitam o aprendizado:

- Confie em seu professor, dialogue com ele com simpatia. Aproveite ao máximo sua competência para que você possa aprender sempre mais. Não existe um limite para o conhecimento, o que acontece é que muita gente coloca este limite para si mesmo, e com isso para de evoluir.

- Não deixe os conteúdos acumularem, isso irá dificultar o estudo posterior e o entendimento das aulas seguintes.

- Seja organizado. Tenha o seu material de estudo sempre por perto quando for estudar, e escolha sempre um local calmo e tranquilo, que facilite a concentração. Ninguém faz nada direito se não estiver concentrado.

- O estudo geralmente rende mais se você dosar o tempo de estudo com algum tipo de relaxamento. Estude por 50 minutos ou uma hora, e depois dê um tempinho para relaxar, de no máximo 10 minutos. Depois volte aos estudos e repita a sequencia.

- Nunca passe a madrugada estudando antes de uma prova. Isso comprovadamente mais atrapalha do que ajuda, pois diminui seu grau de concentração durante a prova.

- Tenha o hábito de frequentar plantões de duvidas e procurar os professores sempre que necessário. Não deixe para fazê-lo apenas na semana de provas.

- Uma maneira prática e eficaz de verificar se você está realmente entendendo algum assunto é tentar explicá-lo para outra pessoa. Arrume um jeito de fazer isso. Se ela entender o que você explicou, com certeza você estará no caminho certo.
 
2. Recomendações do professor aos pais:

Verificar caderno, apostila e agenda diariamente.

Acompanhar e verificar a realização de tarefas.

Conscientizar da necessidade de prestar atenção às aulas. Incentivar a leitura.

Apoiar o Colégio nas suas deliberações.

Dê o primeiro passo, mesmo que este seja difícil e trabalhoso. Algumas léguas na frente você perceberá o quanto ele foi importante, e o quanto você cresceu desde então.
 
Bom Estudo!